24

JUL

Nissan Kicks ganha mais opções de versões, equipamentos e cores

O modelo que tem toda a intensidade das ruas acaba de ganhar nacionalidade brasileira. O Nissan Kicks,  modelo mais vendido da linha da Nissan no Brasil atualmente, passa a ser fabricado no Complexo Industrial da empresa em Resende (RJ), o que lhe garante diversas vantagens: a ampliação da quantidade de versões, a introdução de novos itens de série e mais equipamentos inéditos para o segmento, além de mais opções de cores em dois tons.

Entre os equipamentos introduzidos pelo Nissan Kicks brasileiro estão os inéditos para o segmento, como o alerta de colisão e o assistente inteligente de frenagem, itens opcionais para a versão topo de linha SL. O crossover compacto também traz para os consumidores o avançado sistema multimídia “Nissan Multi-App”, um verdadeiro tablet no painel.

Outra novidade é a ampliação da oferta de cores para a linha do modelo fabricado no Brasil. Uma delas é a vermelho “Malbec”. As outras são novas opções “2-Tone”, combinação que criou uma tendência no segmento de crossovers compactos no país. Agora, além da consagrada carroceria cinza com teto laranja oferecida no Nissan Kicks vendido até então, há outras quatro: prata com teto preto, branco com teto preto, cinza “Rust” com teto preto e preto com teto cinza “Grafiti” , esta última foi mostrada em um protótipo no estande da Nissan do Salão do Automóvel de São Paulo de 2016. Com o Kicks fabricado no Brasil, a Nissan passa a atuar também em novos segmentos do mercado, como taxistas e pessoas com deficiência (PcD).

Design moderno e arrojado

O desenho da carroceria do Nissan Kicks expressa um estilo dinâmico e arrojado, combinando vários itens de design de modelos já consagrados da Nissan, como o Qashqai e o Juke, mas com uma pegada única, que lhe confere estilo próprio. É resultado de um trabalho conjunto entre as equipes de design da Nissan em várias partes do mundo, com participação do estúdio de design mundial da Nissan em Atsugi, no Japão, o Nissan Design América (NDA), de San Diego, nos EUA, e o estúdio-satélite da marca no Brasil, o Nissan Design América (NDA-RJ). O desenvolvimento foi gerenciado em conjunto pelas equipes de engenharia do Japão e do Brasil.

O interior funcional e com acabamento de alto padrão combina detalhes inovadores feitos especialmente para os consumidores ávidos por tecnologia, com detalhes que destacam a qualidade. Os ocupantes dos bancos dianteiros se deparam com o design único do painel, ao mesmo tempo simples e elegante, ao estilo Nissan, chamado de Gliding Wing (“asa planadora”). O Nissan Kicks é o único do segmento a contar com instrumentação digital (disponível na versão SL).

Motor e transmissão
O Nissan Kicks é equipado com a segunda geração do confiável motor HR16DE 1.6 de 16 válvulas, que conta com controle de abertura das válvulas continuamente variável (CVVTCS) e sistema Flex Start System (FSS), que eliminou o tanque de partida a frio. Ele desenvolve 114 cavalos de potência máxima. Esse motor garante baixo consumo de combustível e performance surpreendentes. Com excelente relação peso/potência e dimensões bem aproveitadas, o Nissan Kicks entrega performance comparável à dos principais rivais ao mesmo tempo em que oferece o melhor nível de consumo de combustível da categoria.

As medições do consumo de combustível do Nissan Kicks são as melhores do segmento. Os consumos na cidade para o câmbio manual, de acordo com medições do Inmetro, são de 7,8 km/l (Etanol) e 11,1 km/l (Gasolina) na cidade. Na estrada, a versão com pedal de embreagem marca 9 km/l (Etanol) e 13 km/l (Gasolina), respectivamente.