10

JUL

Harley-Davidson do Brasil enfatiza as técnicas de utilização dos freios ABS em condições adversas


A segurança é tema obrigatório no motociclismo e a Harley-Davidson, sempre preocupada com o assunto, investe constantemente em pesquisas e desenvolvimento de soluções, tanto com foco nas motocicletas quanto, também, com o objetivo de propagar os princípios da pilotagem consciente. Afinal de contas, as experiências vivenciadas sobre duas rodas garantem que as histórias se transformem em lembranças inesquecíveis a bordo de uma Harley-Davidson.

Toda a linha de motocicletas Harley-Davidson conta com diversos itens de segurança que auxiliam os pilotos em  variadas situações. Um dos mais importantes (e item obrigatório no Brasil) é o freio ABS (Anti-lock Braking System ou Sistema de Freios Antibloqueio, em português), presente em todos os modelos da marca que estão à venda no país.

O funcionamento desse dispositivo em motocicletas é semelhante ao uso em outros tipos de veículos, ou seja, sensores nas rodas que monitoram a rotação enviam as informações para um módulo de processamento eletrônico de dados da moto quando há uma desaceleração intensa (ou frenagem brusca) para que o sistema atue de forma a enviar pressão de fluido suficiente para apenas reduzir a velocidade, sem travar as rodas, independentemente da força aplicada no manete. Tecnologias embarcadas como o ABS são projetadas para funcionar apenas quando realmente se precisa delas, sem prejudicar a experiência essencial e intuitiva do motociclista com a moto.

Neste contexto, a Harley-Davidson reforça que, independentemente do sistema moderno de freios, a boa técnica de frenagem ainda continua sendo importante e uma pilotagem segura evita que seja necessário utilizar esses dispositivos.

Condutores experientes, com boa técnica de frenagem, não têm nenhuma razão para mudar sua abordagem e pilotagem por conta dos freios ABS. O sistema é acionado apenas quando há necessidade, normalmente quando os freios estão prestes a travar e, por isso, talvez nunca seja possível saber quando ele é acionado. No entanto, em caso de frenagens intensas, o sistema pode reagir de acordo e, quando é ativado, é comum que haja vibração na motocicleta acima do comum. A Harley-Davidson recomenda a prática de frenagens bruscas em linha reta e em um espaço aberto e seguro para que sejam sentidas as reações da motocicleta nesta situação.

 

 

 

 

 

5 NOTÍCIAS MAIS LIDAS

1. Camaro Fifty chega ao Brasil no Salão do Automóvel em novembro

A nova geração do Camaro foi lançada em 2015 nos Estados Unidos. Chamada de Ca

2. Nova geração do BMW X1 começa a ser fabricada no Brasil

O BMW Group Brasil deu início à produção do novo BMW X1 em território brasilei

3. Van do futuro totalmente conectada é a nova aposta da Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz Vans apresenta ao mercado a Vision Van, um estudo de veículo c

4. Seminovo Lamborghini Sesto Elemento está à venda por R$ 9,3 milhões

Uma das edições que mais angariou fãs pelo mundo, a Lamborghini Sesto, fabrica

5. Ford cria projeto experimental de carro com sistema que produz água potável...

A Ford apresentou um projeto experimental através de seus dois engenheiros, Do



Logotipo site FarolAutos Banner Footer Home
Imagem portal issuu