17

MAR

Motores Volkswagen TSI estão entre os mais eficientes em desempenho e economia de combustível no País


Disponível em mais da metade do portfólio da Volkswagen no Brasil, do up! ao Novo Passat, a tecnologia TSI permite motores compactos, de alta potência e que consomem menos combustível – o chamado downsizing.

A tecnologia TSI é oferecida em duas famílias de motores. A EA211 (com 1 litro e 1,4 litro de cilindrada e potência entre 105 cv e 150 cv) está nos modelos up!, Golf, Golf Variant, Jetta e Tiguan. A família EA888 (2 litros de cilindrada e potência entre 200 cv e 220 cv) equipa os modelos Jetta, Tiguan, Fusca, CC, Golf GTI e Novo Passat.

Essa eficiência em combinar performance com prazer ao dirigir e baixo consumo é demonstrada em números. Em economia – entre os modelos equipados com motores com injeção direta de combustível e turbocompressor participantes do Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular (PBEV) do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia), os Volkswagen estão entre os melhores em consumo energético (MJ/km).

Em quilometragem por litro de combustível, isso significa que o up! TSI é capaz de percorrer até 16,1 km/l na estrada, quando abastecido com gasolina. Na cidade, o Jetta 1.4 TSI roda até 11,3 km/l, também com gasolina. Os números foram obtidos conforme NBR 7024, corrigidos pela Portaria INMETRO nº 10/2012.

A eficiência também é demonstrada em desempenho – todos os modelos equipados com motor TSI aceleram de 0 a 100 km/h em menos de 10 segundos. O up! TSI cumpre essa tarefa em 9,1 segundos; o Jetta 1.4 TSI, em 8,6 segundos. O Passat, sedã de luxo com 4,78 metros de comprimento, acelera de 0 a 100 km/h em apenas 6,7 segundos.

Essa fórmula de sucesso é composta por diferentes elementos. O primeiro deles é um motor pequeno, que é mais eficiente por desperdiçar menos energia em atrito; também é mais leve, o que colabora para a redução de peso total do carro.

O motor 1.0 TSI Total Flex que equipa o up! e o Golf, por exemplo, é cerca de 10 kg mais leve do que os equivalentes de quatro cilindros, graças à utilização de bloco ultra-rígido feito de alumínio leve fundido sob pressão (peso: 13,5 kg) e sua construção compacta com três cilindros em vez de quatro.

Injeção direta: fundamento da tecnologia TSI. A tecnologia TSI está baseada na injeção direta de combustível. Por meio desse sistema, o combustível é injetado sob alta pressão diretamente na câmara de combustão.

5 NOTÍCIAS MAIS LIDAS

1. Camaro Fifty chega ao Brasil no Salão do Automóvel em novembro

A nova geração do Camaro foi lançada em 2015 nos Estados Unidos. Chamada de Ca

2. Nova geração do BMW X1 começa a ser fabricada no Brasil

O BMW Group Brasil deu início à produção do novo BMW X1 em território brasilei

3. Van do futuro totalmente conectada é a nova aposta da Mercedes-Benz

A Mercedes-Benz Vans apresenta ao mercado a Vision Van, um estudo de veículo c

4. Seminovo Lamborghini Sesto Elemento está à venda por R$ 9,3 milhões

Uma das edições que mais angariou fãs pelo mundo, a Lamborghini Sesto, fabrica

5. Ford cria projeto experimental de carro com sistema que produz água potável...

A Ford apresentou um projeto experimental através de seus dois engenheiros, Do



Logotipo site FarolAutos Banner Footer Home
Imagem portal issuu