28

FEV

Volkswagen do Brasil chega a 3,5 milhões de veículos exportados em sua história e comemora a liderança nos embarques em 2016

Maior fabricante e exportadora de veículos da história do País, a Volkswagen do Brasil acaba de conquistar a marca de 3,5 milhões de veículos exportados desde que iniciaram os seus embarques, em 1970. A empresa também foi a maior exportadora do setor automotivo em 2016, com 107.322 unidades embarcadas para 16 países.

“A Volkswagen tem como uma de suas vocações a exportação, enviando para diversos países em todo o mundo os produtos fabricados com mão de obra brasileira. É motivo de grande orgulho para nós conquistar a marca de 3,5 milhões de veículos exportados e a confirmação, mais uma vez, do posto de maior exportadora do setor automotivo do País, especialmente num ano de grandes desafios, como foi 2016. Em 2017, pretendemos atuar ainda mais intensamente nos mercados da América do Sul, América Central e Caribe, que têm um grande potencial para o desenvolvimento dos nossos negócios”, diz o Presidente e CEO da Volkswagen do Brasil e América do Sul (SAM), David Powels.

O modelo mais exportado em 2016 foi o Gol, com 49.911 unidades, seguido do up! (20.318), Voyage (17.512), Saveiro (12.443). O principal mercado externo da marca continua sendo a Argentina, com 57.555 unidades embarcadas. A Volkswagen foi mais uma vez a marca líder em vendas no país vizinho.

Em 2016, a Volkswagen iniciou as exportações do Novo Gol, Novo Voyage e Nova Saveiro, lançados no ano passado, para países como a Argentina, México, Bolívia, Colômbia, Chile, Peru, Uruguai e Paraguai. A Nova Saveiro também abriu um novo mercado, passando a ser exportada para a Jamaica. A marca também iniciou a exportação do Novo Gol e Nova Saveiro para Honduras, do Novo Gol para Curaçao e da Nova Saveiro para o Panamá.

Em 2016, foi criada a estrutura regional da Volkswagen na América do Sul, América Central e Caribe, como parte da estratégia de regionalização mundial da marca. O CEO e presidente da Volkswagen do Brasil, David Powels, foi escolhido para comandar essa nova estrutura, em adição às suas funções no País. A Volkswagen pretende conquistar uma participação ainda mais forte nesses mercados, por meio de um trabalho integrado, que visa trazer mais autonomia, responsabilidade e contato com os clientes destas localidades.