27

NOV

Linha 2017 do Jeep Renegade chega com mais potência e economia

Único SUV compacto que não deriva de carro de passeio, com uma plataforma própria, ponto de partida inclusive para modelos maiores, o Jeep Renegade mantém exclusividades no segmento como motor diesel, câmbio automático de nove marchas, suspensão independente nas quatro rodas, dois tipos de teto solar, entre várias outras. A linha 2017 do Renegade já está disponível nas 200 concessionárias da marca Jeep com uma série de novidades.

As versões do SUV compacto mais premiado dos últimos anos equipadas com o motor 1.8 Evo Flex, no qual receberam um abrangente pacote de evoluções técnicas, com ênfase na eficiência energética.
As alterações no propulsor fizeram o Jeep Renegade 1.8 Flex ficar 5% mais potente, rendendo 7 cv a mais. Agora a potência máxima é de 139 cv, com etanol. Mais importante, a força é entregue de forma mais linear por toda a faixa de giros. As alterações resultam em melhor desempenho, maior agilidade nas situações mais corriqueiras de trânsito, mais prazer ao dirigir e menores índices de consumo e de emissões – até 10% a menos, dependendo da versão.

Novos produtos e serviços da Mopar

A linha 2017 do Jeep Renegade também conta com ótimas notícias em relação ao pós-vendas. A principal delas é a chegada da Mopar Proteção Veicular (MVP). Um dos destaques desse programa são os planos de revisão sob medida. Eles podem ser adquiridos já no momento da compra do veículo, proporcionando tranquilidade, conveniência e praticidade ao consumidor.
Há pacotes de duas a cinco revisões para os veículos com motor 2.0 Diesel e de duas a oito revisões, no caso daqueles equipados com o propulsor 1.8 Flex. Vale lembrar que as revisões das versões Flex são realizadas a cada 12.000 km e as das configurações Diesel, a cada 20.000 km. O MVP abarca ainda garantia estendida de 12 ou 24 meses além da cobertura normal do Renegade, de três anos sem limite de quilometragem.

Entre os benefícios da assistência Privilege Service, a carência do carro reserva (disponível nos dois primeiros anos após a compra) foi reduzida de cinco dias para 24 horas.

Pacote de evoluções para render e consumir menos

As Versões 1.8 Flex ganham pacote de evoluções para render mais e consumir menos. Este consumo do propulsor bicombustível cai até 10% e potência sobe 7 cv, chegando a 139 cv. Todas as versões, inclusive as com motor Multijet 2.0 turbodiesel, incorporam itens de série, melhorando ainda mais a relação custo/benefício.

O sistema Stop&Start contribui decisivamente com a redução do consumo, desligando o motor em paradas de semáforo ou engarrafamentos, e religando de forma sutil, assim que se solta o pedal do freio (quando o câmbio é automático) ou a embreagem é pressionada (com a caixa manual). Ao lado do câmbio, uma tecla no console permite desligar o sistema, se o motorista preferir. A função Autostop não se ativa em situações como: motor frio, veículo em rampa, bateria fraca e cinto do motorista desafivelado, entre outras. E a partida é dada sem ação do motorista se o motor estiver desligado por mais de três minutos e se o ar-condicionado estiver ligado (nesse caso, a parada é limitada a um minuto), para citar as principais condições.