02

JUL

Linha 2017 da Nissan March e Versa ganham câmbio CVT

A linha 2017 dos modelos March e Versa recebeu uma importante novidade, o câmbio CVT. A transmissão chega para as versões SV e SL do hatch, enquanto o sedã também a oferece na opção topo de linha Unique, mas como item de série. Todas são equipadas com motor 1.6 nessa configuração.

A Nissan optou pela caixa continuamente variável Xtronic CVT para equipar as novas versões do March e do Versa. Uma das novidades dessa caixa de transmissão é o sistema “Lock Up” com Active Slip Control. Com ele, o Xtronic obtém acelerações com respostas mais vigorosas e sem alternâncias, pois “segura” a polia e a solta de forma gradual para que o torque seja transmitido de forma linear e rápida.
Os modelos chegam com um sistema que traz muita tecnologia embarcada e oferece o melhor em desempenho e conforto. O câmbio continuamente variável, por exemplo, não dá os famosos trancos nas trocas de marchas das caixas automáticas tradicionais.

Outra melhoria nessa geração de transmissão continuamente variável para veículos compactos está na otimização da bomba de óleo. Foi abolida a válvula de controle de entrada do óleo e a geometria da área de sucção foi modificada. Assim, a engenharia obteve a redução do nível de atrito da peça em 30% em comparação com a anterior.

A marca também utiliza o método de partícula para visualização do fluído do Xtronic CVT. Isso melhora a geometria da câmara e também do diferencial, para a drenagem do fluído e redução da resistência na câmara em 40%.

Mais tecnologia, menos consumo

Com as modificações e um peso menor, o Xtronic CVT proporciona o melhor desempenho em consumo de combustível, já que mantém a rotação do motor adequada e torque sobre todas as condições de condução.
Com etanol, o Nissan March 1.6 16V obteve no programa 7,8 km/l na cidade e 9,8 km/l na estrada, enquanto faz 12 km/l na cidade e 15 km/l na estrada quando equipado com gasolina. O Nissan Versa 1.6 16V fez 7,8 km/l (cidade) e 10 km/l (estrada) e 12 km/l (cidade) e 14 km/l (estrada) com gasolina.
A transmissão conta também com a função “Overdrive”. Um botão na lateral da alavanca do câmbio permite ao motorista mudar o regime de rotação do motor para uma maior faixa de giro, proporcionando melhores respostas nas acelerações. A opção traz vantagem nas ultrapassagens de veículos, acelerações em subidas, frenagem de alta velocidade nas curvas e permite a redução de velocidade pelo freio motor.

Novidades para a linha 2017

O câmbio Xtronic CVT estará disponível, já como ano-modelo 2016/2017, nas versões 1.6 16V SV e SL para o Nissan March e nas versões 1.6 16V SV, SL e Unique do sedã compacto Nissan Versa. O lançamento da nova opção de transmissão, porém, não elimina a versão manual (apenas no Unique).

Além disso, há novidades nos acabamentos para a linha 2017. As principais para o Nissan Versa são mudanças de versões e conteúdo. A versão de entrada 1.0, por exemplo, passa a se chamar 1.0 Conforto. Os itens de série do pacote “Pack Plus” foram incorporados às versões de entrada e a versão 1.6 SV sem o “Pack Plus” passa a se chamar 1.6 S. Assim, as versões base ficam mais equipadas.

O Nissan Versa conta agora com vidros elétricos nas quatro portas de série, além do ISOFIX disponível a partir da versão 1.6 SV.

Assim como o Versa, os conteúdos dos pacotes “Pack Plus” e “Pack Multi” para o Nissan March também foram incorporados nas versões de entrada. Sendo assim, tanto para o March quanto para o Versa, não haverá mais esses dois pacotes.

Tabela de preços
March 1.0 Conforto – R$ 38.790
March 1.0 S – R$ 41.690
March 1.6 S – R$ 46.190
March 1.0 SV – R$ 44.690
March 1.6 SV – R$ 49.290
March 1.6 SL – R$ 53.590
March 1.6 SV CVT – R$ 54.090
March 1.6 SL CVT – R$ 58.390
Versa 1.0 Conforto – R$ 44.690
Versa 1.0 S – R$ 47.990
Versa 1.6 S – R$ 50.690
Versa 1.6 SV – R$ 53.190
Versa 1.6 SL – R$ 59.890
Versa 1.6 SV CVT – R$ 57.990
Versa 1.6 SL CVT – R$ 64.690
Versa 1.6 Unique CVT – R$ 66.290